Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

5do4

5do4

Em todas as ruas te encontro

Em todas as ruas te encontro 

em todas as ruas te perco 

conheço tão bem o teu corpo 

sonhei tanto a tua figura 

que é de olhos fechados que eu ando 

a limitar a tua altura 

e bebo a água e sorvo o ar 

que te atravessou a cintura 

tanto tão perto tão real 

que o meu corpo se transfigura 

e toca o seu próprio elemento 

num corpo que já não é seu 

num rio que desapareceu 

onde um braço teu me procura 

 

Em todas as ruas te encontro 

em todas as ruas te perco 

 

Mário Cesariny, in "Pena Capital" 

 

 

hoje é o dia mundial da poesia e este é o meu poema preferido.

Cai neve na Alemanha, mas não faz sol no meu país

Este título parece-me que roça o desespero. Mas sempre que cai um pouco de neve acabo por cantar aquele refrão tão clássico do Cid. 

Na sexta à noite nevou. O suficiente para ficar tudo branco por umas horas.

Tirei esta foto no sábado de manhã. 

2018-03-04 10.22.52 1.jpg

 As notícias que me chegam de norte a sul de Portugal são de muita chuva. Da Suíça chegam-me fotografias de muita neve.

Alegrem-se pessoas, mais 15 dias e começa a Primavera! (será?)

 

Bom Domingo para vocês, a quem conseguir ver os óscares até ao fim, toda a minha consideração!, e uma óptima semana!! 

-1° é suficiente para viver? Nao.

Olá!

Antes de mais quero agradecer a quem leu e comentou o meu post anterior, confesso que fiquei verdadeiramente surpresa ao ver que alguém tinha "perdido" algum tempo com os meus devaneios. 

E para além disso o "Sprechen sie Deutsch?" foi parar aos destaques(!!!!!!) do sapo. Isto é normal acontecer? Vocês que estao neste mundo há mais tempo, digam-me de vossa justica...

IMG_20180301_230946.png

 

Gostava de vos dizer alguma coisa que fizesse sentido... Mas a temperatura mais alta sentida esta semana foi -1°. O meu cérebro congelou. Talvez amanha consiga escrever algo coerente. Talvez. 

Por agora vou só ali ver o Germany´s next top model... estao todas a chorar. Deve ser pela Heidi Klum. Que é uma estampa. 

 

Ah, e perdoem-me esta falta de pontuacao. Eu juro que sei escrever. Mas estou num computador com um teclado alemao. Que nunca ouviu falar de til´s ou de cedilhas. Enfim. Quando conseguir, rectifico.

 

Sprechen sie Deutsch?

Olá!

Gostava de partilhar aqui um pouco de mim e dos meus dias.

Estou a viver a 2,500 km de Portugal, num país que a nível de temperatura parece o Alasca e de sociedade a Turquia. Nada contra. Aqui, nos montes e vales germânicos, terra de Merkel e de Nietzsche, até nem se está mal, fora os 3 graus negativos e o pouco sol; (não admira que se encontrem há venda frascos de vitamina D em tudo o que é supermercado.) mas, como qualquer alma lusitana, também a minha é pautada por esta “dor de pensar” que herdámos de Pessoa, esta coisa tão bonita que diz que só existe no nosso maravilhoso dialecto: a saudade!

É verdade, tenho muitas saudades do meu país, que só por ser meu já é mais bonito. Da Lisboa dos encantos. Dos amigos. Dos cafés com os amigos. Dos dias de sol que se apagam no Cais... por aí. 

Mas! Adiante. Espero que a Alemanha tenha muito para me oferecer desta vez. Ainda não estou convencida.

 

Fiquem por aí!

:)